Bolsas de NY têm leve alta após dado de Michigan

As bolsas em Nova York registram alta tímida, com o dado da Universidade de Michigan aliviando parte do sentimento negativo que afetou o mercado após a divulgação do PIB dos EUA. A alta das ações da Microsoft também ajuda a manter as bolsas no terreno positivo. A primeira prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre mostrou que a economia dos Estados Unidos cresceu 1,3%, o menor ritmo dos últimos quatro anos, e abaixo da previsão de 1,8%, ao mesmo tempo que os dados de inflação pressionaram os mercados. No entanto, o sentimento do consumidor da Universidade de Michigan, que caiu menos do que o esperado em abril, e o índice de custo de mão-de-obra do trimestre, que subiu menos do que o esperado, estimularam os investidores. As ações da Microsoft subiram 4,2%, com os fortes resultados do primeiro trimestre. Às 13h24 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,12% e o Nasdaq avançava 0,12%, enquanto o S&P 500 perdia 0,05%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.