Bolsas do México e do Brasil podem se integrar

As bolsas de valores do Brasil e do México esperam iniciar, ainda este ano, a integração de suas operações, informou ontem o presidente da Bolsa mexicana, Guillermo Prieto Treviño. Ele participa da 33ª Assembléia da Federação Ibero-Americana de Bolsas (Fiab), no Panamá. O presidente da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Raymundo Magliano Filho, também está presente no evento, mas não comentou o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.