Bolsas europeias avançam com balanços de empresas

Índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,83%, para 264,28 pontos

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

19 de julho de 2011 | 14h41

Os principais índices do mercado de ações da Europa fecharam em alta, impulsionados pelos resultados financeiros positivos das companhias europeias e norte-americanas e pelo avanço nos papéis de bancos. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,83%, para 264,28 pontos.

Na Bolsa de Londres, o FTSE-100 avançou 0,65%, para 5.789,99 pontos. Em Paris, o CAC 40 ganhou 1,21%, para 3.694,55 pontos. Na Bolsa de Frankfurt, o Xetra DAX fechou em alta de 1,19%, a 7.192,67 pontos.

Em Milão, o índice FTSE MIB subiu 1,92%, para 18.229,47 pontos. O IBEX 35, da Bolsa de Madri, avançou 1,03%, para 9.443,80 pontos. Em Lisboa, o PSI 20 teve alta de 1,59%, para 6.664,80 pontos. O ASE, da Bolsa de Atenas, ganhou 1,37%, para 1.187,74 pontos.

As ações de bancos ficaram entre os destaques da sessão. O ING Group subiu 5,2% em Amsterdã, enquanto em Zurique o Nordea Bank avançou 5,7%. Em Milão, o Unicredit e o Intesa Sanpaolo fecharam em alta de 4,7% e 4,3%, respectivamente. Também subiram o Société Générale (4,4%), em Paris, e o Lloyds Banking Group (4,3%), em Londres.

O avanço dos papéis do setor financeiro reflete o otimismo dos investidores com uma reunião de cúpula da zona do euro que ocorrerá na quinta-feira. Durante o encontro, os membros do bloco monetário discutirão sobre um novo pacote de auxílio à Grécia. O ajuste de posições também contribuiu para a alta das ações de bancos.

"O mercado estava muito, muito vendido, então as pessoas que ganharam dinheiro assumindo essas posições em ativos de risco resolveram realizar lucros", disse Philippe Gijsels, diretor de pesquisas do BNP Paribas Fortis Global Markets. Ele acrescentou que os operadores provavelmente vão reduzir o volume de contratos de venda em aberto antes da reunião de quinta-feira, visto que o encontro pode produzir uma solução para a Grécia e provocar um rali nas bolsas.

As ações do setor de tecnologia também estavam entre os destaques do dia, avançando depois de a International Business Machines (IBM) anunciar ontem que seu lucro cresceu 8% no segundo trimestre em comparação a igual período do ano passado. A Software AG fechou em alta de 7,1%, enquanto a Infineon Technologies teve ganho de 4,8%. Em Paris, as ações da Alcatel-Lucent avançaram 5,9%.

O grupo farmacêutico suíço Novartis AG subiu 3,2% depois de divulgar um aumento de 27% nas vendas do segundo trimestre em comparação a igual período de 2010. Já a Electrolux recuou quase 15% em Estocolmo depois de anunciar resultados trimestrais que ficaram aquém das expectativas de analistas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsasEuropafechamentobalanços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.