Bolsas européias caem com elevação no juro da China

As Bolsas européias caíram hoje, depois que o inesperado anúncio de elevação no juro da China pesou sobre os papéis do setor de mineração e o recuo do petróleo das máximas da semana passada pressionou as ações do setor de petróleo. A reação inicial positiva de Wall Street ao depoimento do presidente do Federal Reserve (banco central dos EUA), Ben Bernanke, ajudou os mercados europeus a terminarem acima das mínimas. A Bolsa de Londres fechou com o índice FT-100 em queda de 44,30 pontos (-0,73%), em 6.060,00 pontos. Os preços dos metais recuaram por temor de crescimento menor na China, depois do anúncio de que o governo subiu a taxa básica de juro para 5,85%, na primeira elevação desde outubro de 2004. A notícia pressionou as mineradoras como BHP Billiton, cuja ação fechou em baixa de 2,86%, e Rio Tinto (-3,16%). As petroleiras BP e Royal Dutch Shell caíram 2%. Na Bolsa de Paris, o índice CAC-40 caiu 38,77 pontos, ou 0,74%, para 5.213,55 pontos, depois de bater a máxima no ano durante o pregão. Alcatel caiu 6,8% após anunciar que seu lucro trimestral caiu 16%. A petroleira Total recuou 1,2%, mas a Bouygues (+2,2%) e a Alstom (+5,3%) subiram com a notícia de que a Bouygues comprou a participação de 21% do Estado francês na Alstom. Na Bolsa de Frankfurt, o DAX-30 recuou 39,38 pontos, ou 0,64%, para 6.067,74 pontos. DaimlerChrysler caiu 3,9%. O aumento de 3,8% para 299 milhões de euros (US$ 373,75 milhões) no lucro líquido no primeiro trimestre anunciado pela montadora não impressionou os investidores. A Bolsa de Milão terminou com o índice MIB-30 em queda de 272,00 pontos (-0,70%), em 272,00 pontos. Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-30 fechou em baixa de 34,30 pontos, ou 0,29%, em 11.891,30 pontos. A Iberdrola terminou inalterada depois de divulgar lucro líquido de 403,2 milhões de euros (US$ 501,64 milhões) no primeiro trimestre deste ano, um aumento de 16,3% em comparação com o lucro líquido de igual período do ano passado. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 teve perda de 10.090,01 pontos, com queda de 77,01 pontos (-0,76%). A Portugal Telecom caiu 0,10%, enquanto a Sonae.com, que em fevereiro fez uma oferta de compra à companhia de telecomunicações, fechou em queda de 0,70%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.