Bolsas européias caem com mineradoras e petroleiras

As Bolsas européias fecharam em queda, com as mineradoras liderando as perdas. A ata do Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, divulgada ontem, reacendeu os temores de que o ritmo de crescimento dos Estados Unidos está a caminho de uma redução mais acentuada do que se previa. Ao mesmo tempo, o documento deu pouca munição aos que esperam um corte de juro norte-americano, já que o banco central dos EUA colocou também em destaque suas preocupações com a inflação. Londres Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em queda de 32 pontos, ou 0,51%, em 6.287 pontos. As ações das mineradoras caíram pelo segundo dia consecutivo, com recuo significativo nos papéis da Rio Tinto (4,03%) e da BHP Billiton (3,54%), após o enfraquecimento dos preços do ouro e cobre. As ações das petroleiras BP (-1,23%) e Royal Dutch Shell (-1,99%) também caíram com os preços do petróleo cru negociados abaixo dos US$ 57 o barril em Nova York. Paris O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, fechou em queda de 36,36 pontos, ou -0,65%, em 5.575,56 pontos. A Alstom liderou o movimento, com queda de 4,88%, com realização dos lucros após as altas das últimas três semanas. Os papéis da Peugeot subiram 2,01% com uma elevação da recomendação anunciada pelo Citigroup. Frankfurt A Bolsa de Frankfurt fechou com o índice Xetra-DAX em queda de 16,92 pontos, ou 0,25%, em 6.674,40 pontos, em meio à realização de lucros desencadeada pela divulgação, ontem, da ata do Fed, segundo operadores. Um outro operador alertou, no entanto, que não se deve dar muita importância à ata. "Os mercados estão sem direção e podem levar ainda alguns dias até que decidam para onde ir", avaliou, acrescentando que o sentimento geral permanece otimista. Os papéis da Deutsche Telekom lideraram a lista de altas em Frankfurt, subindo 2,70%. Entre os destaques, ficaram também as ações da Lufthansa, que subiram 2,09%. Milão Na Bolsa de Milão, o índice S&P-Mib fechou em queda de 0,52%, em 41.842 pontos, com o recuo das ações das empresas do setor energético, como Saipem, Tenaris e Eni (-4,3%, -3,3% e -1,1%, respectivamente). As da editora de listas telefônicas Seat Pagine Gialle caíram 2%, após os acionistas majoritários terem negado ontem rumores de venda. Madri O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, fechou em leve alta de 7,3 pontos, ou 0,05%, em 14.382,4 pontos, depois de uma série de perdas nas sessões anteriores. As ações da Telefonica fecharam o dia em alta de 1,28%. O destaque de queda foi o papel da Acerinox, que fechou o dia em baixa de 6,17%. Lisboa A Bolsa de Lisboa fechou com o índice PSI-20 em alta de 33,38 pontos, ou 0,30%, em 11.262,99 pontos. Os destaques de alta foram as ações da SonaeCom, que subiram 0,59%, e os papéis da Portugal Telecom, que tiveram ganho de 0,82%. Entre as quedas, as ações da Galp Energia recuaram 2,79% pelo enfraquecimento dos preços do petróleo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.