Bolsas européias encerram o dia perto da estabilidade

As principais Bolsas européias operaram em margens apertadas em pregões pouco movimentados, fechando em leve alta. Destaque para as ações da BP, que avançaram 1,4% e as da Ryanair, que subiram 6,9%. As petroleiras também se beneficiaram da alta dos preços dos combustíveis, com a Total avançando 0,7% e a Royal Dutch Shell subindo 0,35%. Londres Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 7 pontos, ou 0,11%, em 6.317,9 pontos. Os papéis da BP avançaram 1,4% com a elevação na recomendação do Goldman Sachs de neutra para compra, enquanto os papéis da Ryanair subiram 6,9% após o anúncio de aumento de 30% do lucro líquido para 47,7 milhões de euros (US$ 61,6 milhões). As ações das mineradoras também subiram: BHP Billiton avançou 0,72%, Rio Tinto ganhou 0,41% e Vedanta Resources subiu 1,02%. As construtoras e imobiliárias foram destaque no pregão em reação à compra da Wilson Bowden pela Barrat Developments por 2,2 bilhões de libras esterlinas (US$ 4,3 bilhões). As ações da Wilson recuaram 1,6%, enquanto as da Barrat subiram 4,2%. Paris O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, encerrou com ganho de 3,81 pontos, ou 0,07%, em 5.861,11 pontos. Os papéis da Accor subiram 2% em reação ainda aos anúncios feitos na sexta-feira de uma parceria com o grupo Pierre & Vancances para um empreendimento no mercado imobiliário e da venda da Go Voyages para a Financière Agache. Destaque para os ganhos da STMicroelectronics (1,9%) e da Alcatel (0,9%). As ações da produtora de frangos LDC recuaram 2,9% em reação à descoberta de um foco do vírus da gripe aviária (H5N1) na Inglaterra. Frankfurt Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX terminou o dia em queda de 11,7 pontos, ou -0,17%, em 6.784,06 pontos. Segundo um operador, o foco do dia foram os papéis da E.On, que perderam 0,42% após os ganhos na sexta-feira estimulados pela oferta pela Endesa de 38,75 euros por ação. Segundo o Dresdner Kleinwort, "a oferta de 38,75 euros por ação da E.On é alta o suficiente para ser vista como vencedora, apesar de alguns acionistas da Endesa terem esperado por mais". As ações da Adidas lideraram a alta e subiram 2,3% com a elevação na recomendação do Credit Suisse de neutra para outperform (com desempenho acima da média do mercado). Madri O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, registrou perda de 14,5 pontos, ou -0,10%, em 14616,7 pontos. Os papéis da Endesa pressionaram o índice, recuando 2,4% em reação à oferta da E.On. Os ganhos foram liderados pelas ações da Gas Natural, que avançaram 2,4% após ter retirado a oferta pela Endesa na semana passada. Entre as ações mais ativas do pregão, destaque para as do Santander (-0,8%) e Telefónica (-0,1%). Lisboa Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou com avanço de 20,14 pontos, ou 0,17%, em 11.646,82 pontos. As ações da Energias de Portugal avançaram 1% e as da Portugal Telecom ganharam 0,4%. Os bancos fecharam o dia em queda: as ações do Banco Espírito Santo recuaram 0,4%, as do Banco Comercial Português perderam 0,4% e as do Banco Português de Investimento cederam 0,8%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.