Bolsas européias fecham em alta

Os principais índices de ações das bolsas européias fecharam em alta, ajudados pelo novo recuo dos preços dos futuros de petróleo e pelas notícias de que o executivo-chefe da montadora francesa Peugeot pretende se aposentar em 2007. Em Londres, o índice FT-100 subiu 21,2 pontos (0,36%) e fechou com 5.879,30 pontos. O CAC-40, da Bolsa de Paris, avançou 13,48 pontos (0,27%) e fechou com 5.073,57 pontos. O índice Xetra-Dax, de Frankfurt, fechou em alta de 21,54 pontos (0,37%), com 5.795,26 pontos. Os ganhos dos índices de ações em Wall Street também ajudaram a dar suporte aos mercados europeus. Os contratos futuros de petróleo caíram abaixo de US$ 67,00 o barril na New York Mercantile Exchange (Nymex) e abaixo de US$ 66,00 o barril no sistema eletrônico da ICE Futures. Os futuros de petróleo acentuaram as perdas depois que a British Petroleum indicou que poderá retomar, até final de outubro, a produção normal de 400 mil barris/dia de seu gigantesco campo Prudhoe Bay, no Alasca. As ações da BP subiram de 1,20%, enquanto as da companhia química BASF encerraram com um ganho de 0,73% e as da companhia aérea Air France-KLM avançaram 0,98%, todas beneficiadas pelo recuo do petróleo. As ações da BASF também foram ajudadas pela elevação da recomendação do Citigroup para o ativo de "vender" para "manter". As ações da Peugeot subiram 1,91% depois da montadora ter anunciado que seu CEO, Jean-Martin Folz, vai se aposentar em janeiro. O inesperado anúncio aumentou as esperanças de uma nova estratégia na combalida montadora francesa depois dos recentes alertas de lucro. No setor farmacêutico, as ações da AstraZeneca caíram 1,35% depois do Citigroup ter rebaixado sua recomendação para a companhia de "comprar" para "manter". Em Madri, o índice Ibex-35 subiu 67,20 (0,56%) e fechou com 12.081,70 pontos, recuperando-se depois de vários fechamentos negativos. Em Lisboa, o índice PSI-20 avançou 42,15 pontos (0,42%) e fechou com 9.982,58 pontos, em linha com o desempenho dos demais mercados europeus. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

08 de setembro de 2006 | 15h22

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.