Bolsas européias fecham em alta com aéreas

As principais bolsas européias fecharam em alta com os ganhos das companhias aéreas. Os trabalhadores da British Airways cancelaram a greve prevista para amanhã e os papéis da companhia subiram 2,8%. Outras empresas do setor se beneficiaram da alta, como a Alitalia (1,9%) e Iberia (3,3%). O alerta de lucro da Deutsche Telekom fez com que suas ações caíssem 4% e pressionou outras empresas do setor, como a France Telecom (-0,9%) e Telecom Itália (-1,5%). Londres Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 11,9 pontos ou 0,19%, em 6.239,9 pontos. As ações da Corus subiram 0,36%. Amanhã será realizado em Londres o leilão da companhia, que é alvo de interesse da brasileira Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e da indiana Tata Steel. Paris O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, terminou com ganho de 37,4 pontos ou 0,67%, em 5.619,7 pontos. As altas foram lideradas pela blue chip (ação de primeira linha) Veolia Environnement, cujos papéis subiram 3,3% com a expectativa da divulgação dos lucros da empresa amanhã no pré-mercado. Entre as quedas, os papéis da Sanofi Aventis recuaram 1,4% com os rumores de que a empresa deve anunciar uma fusão amigável com a Bristol-Myers Squibb. Frankfurt Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX subiu 35,67 pontos ou 0,53%, em 6.726,01 pontos. Os papéis da Deutsche Telekom recuaram 4% com o alerta de lucro. Entre as altas, destaque para as ações da fabricante de caminhões MAN, que subiram 2,6% com os rumores de que a Volvo teria feito uma nova oferta pela companhia. A Volvo não comentou os rumores. Madri O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, encerrou com elevação de 91,6 pontos ou 0,64%, em 14.507 pontos. As ações da Iberia lideraram a alta e avançaram 3,3% com uma elevação pelo UBS de neutra para compra. Os papéis da distribuidora de moda Inditex ganharam 2,7%, também ajudados pela elevação na recomendação do UBS, de neutra para compra. Lisboa Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou em alta de 45,16 pontos ou 0,39%, em 11.587,58 pontos. A queda da Deutsche Telekom afetou as ações da Portugal Telecom, que caíram 0,2%. Os papéis do Banco Comercial Português avançaram 2,1% com as expectativas do balanço de 2006, que será divulgado amanhã após o fechamento dos mercados. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.