Bolsas européias fecham em alta modesta

As principais bolsas européias fecharam o pregão com ganhos modestos, com os investidores cautelosos um dia antes do anúncio das decisões sobre a taxa de juros pelo Banco Central Europeu (BCE) e pelo Banco da Inglaterra. Além disso, os participantes do mercado aguardam o relatório sobre as condições do mercado de trabalho dos EUA, que será divulgado na sexta-feira. A pesquisa de vagas abertas divulgada hoje pela ADP Macroeconomics Advisors sugeriu que os números de emprego não foram tão fortes quanto os economistas previam, ao registrar 57 mil novas vagas no mês passado, nos EUA. Londres Na Bolsa de Londres, o índice FTSE-100 fechou em alta de 18 pontos (0,29%), em 6.156,5 pontos. O desempenho foi estimulado pelas petroleiras, cujas ações avançaram após a divulgação dos dados dos estoques norte-americanos. BP ganhou 0,20% e Royal Dutch Shell subiu 1,47%. Paris O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, fechou em alta de 17,94 pontos (0,33%), em 5.455,07 pontos. Os ganhos foram liderados pela European Aeronautics Defence & Space (EADS), que subiu 2% em reação aos comentários positivos de um dos presidentes da companhia sobre a Airbus. Louis Gallois afirmou acreditar que o plano proposto para a reestruturação da Airbus é equilibrado, distribuindo os esforços de corte de gastos entre Alemanha, França, Espanha e o Reino Unido, os quatro fundadores da EADS. Já as ações do Carrefour recuaram 2% após a renúncia do presidente Luc Vandevelde. As ações da fabricante de tubos de aço Vallourec despencaram 7,2% com a decepção com as margens para 2007. Frankfurt Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou em alta de 22,75 pontos (0,34%), em 6.617,75 pontos. As ações da Volkswagen subiram 2,5% após aumentar sua participação na fabricante de caminhões sueca Scania de 18,7% para 20%. A Volks também possui participação na alemã MAN, cujo presidente disse hoje que a possível fusão da MAN com a Scania é "apenas uma questão de tempo". As ações da MAN avançaram 3,1% e, em Estocolmo, as ações da Scania ganharam 3,7%. Madri O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, fechou em alta de 86,8 pontos (0,63%), em 13.912,7 pontos. As ações da Iberia subiram 3,5%, aproximando-se de sua máxima histórica, apesar da alta dos preços do petróleo. Enagas ganhou 3% e Telefónica avançou 0,3%. Lisboa Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou em queda de 49,48 pontos (-0,43%), em 11.504,46 pontos. As ações da Sonaecom perderam 3,1% e as da Portugal Telecom caíram 0,2%, ambas ainda afetadas pelo fim da oferta da Sonaecom pela PT na sexta-feira. Também pressionaram o índice as ações da Energias de Portugal (-2,2%) e do Banco Comercial Português (-0,4%). Já as ações da Galp Energias subiram 1,9% antes da divulgação dos resultados de 2006, que saem ainda hoje. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.