Bolsas européias fecham em baixa, apreensivas com juro

As bolsas européias fecharam em queda, com as preocupações relacionadas à inflação e à direção das taxas de juro prejudicando o andamento dos negócios. O índice FT-100, de Londres, terminou o dia em baixa de 0,61%; o índice CAC-40, de Paris, em queda de 0,94%; e o Xetra-DAX, de Frankfurt, com desvalorização de 1,25%. O índice IBEX-35, da Bolsa de Madri, fechou em queda de 0,60%, e o índice MIB30 da Bolsa de Milão cedeu 1,15%. Os papéis de companhias do setor de telecomunicações, como Vodafone, e de tecnologia, como Philips Electronics, estiveram entre as maiores perdas. O noticiário foi dominado pela notícia de que a Arcelor rejeitou a oferta de US$ 31 bilhões de compra da Mittal, em favor de seus planos para fusão com a companhia russa Severstal, mas não descartou novas negociações com a Mittal. As ações da Arcelor fecharam em queda de 1,2% em Paris e os da Mittal caíram 2,7% em Amsterdã. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.