Bolsas européias fecham em queda com alta do petróleo

As ações fecharam em queda na maior parte dos mercados europeus, em dia de apreciação do petróleo. A Bolsa de Londres teve pressão minimizada pela alta nos papéis das companhias de petróleo, como British Petroleum e Royal Dutch Shell. O mercado de Londres fechou em baixa de apenas 0,04%, enquanto Frankfurt caiu 1,16% e Paris recuou 0,88%. A queda das ações em Wall Street também ajudou a pressionar os mercados europeus. As ações das montadoras, cujas vendas tendem a cair com a alta dos preços do petróleo, foram as mais atingidas pela onda de venda desta segunda-feira. No noticiário corporativo, as atenções se centraram nas especulações envolvendo o encerramento do período para que o grupo espanhol Ferrovial eleve sua oferta de aquisição de 9,5 bilhões de libras esterlinas pela operadora de aeroportos britânica BAA. As ações da BAA fecharam em alta de 1%. A companhia britânica disse que mantém negociações com o Ferrovial e um outro grupo cujo nome não foi revelado. Em Paris, as ações do grupo EADS fecharam em queda de 3,1%, diante do enfraquecimento do dólar e de informações publicadas no The Wall Street Journal de que mudanças propostas pelo FAA para vôos comerciais irão favorecer a Boeing. Na Bolsa de Madri, o índice IBEX-35 fechou em queda de 0,64%. As ações do grupo Ferrovial caíram 1,1%. Em Milão, o índice Mib30 caiu 0,10%. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou em queda de 0,07%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.