Bolsas européias fecham perto da estabilidade

A maior parte das bolsas européias fechou em leve baixa, depois de um dia de poucas notícias econômicas e corporativas. Em Londres, o mercado foi sustentado por ganhos nos segmentos de tabaco, defesa e petróleo. O índice FT-100, da Bolsa de Londres, encerrou o dia em alta de 0,05%. Em Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou o dia em queda de 0,28%; em Paris, o índice CAC-40 caiu 0,18%; na Bolsa de Milão, o S&P-Mib subiu 0,13%; no mercado de Madri, o índice Ibex-35 recuou 0,17%; e, em Lisboa, o índice PSI-20 registrou ganho de 0,26%. O operador Frederic Aubel, da corretora sediada em Paris Global Equities, disse que, apesar do comportamento lateral de hoje, na esteira de uma semana de ganhos, a tendência para o mercado europeu permanece positiva. As ações da companhia de tabaco britânicas, incluindo a Imperial Tobacco e British Tobacco, subiram depois de uma sentença emitida por uma corte norte-americana. As companhias ficam proibidas de usar as palavras "light" ou "baixo teor" nos maços de cigarro, mas desobrigou as companhias de pagarem elevados montantes em casos judiciais movidos pelos governos contra à indústria. As ações da Imperial Tobacco ganharam 2,3% e as da British American Tobacco subiram 0,4%. As ações da BAE Systems avançaram 2,6%, depois de fechar acordo para fornecer jatos à Arábia Saudita. O negócio está estimado em US$ 19 bilhões. As ações das companhias de petróleo, como Shell (+1,7%), foram beneficiadas pelos ganhos da commodity. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.