Bolsas européias operam em baixa com tecnologia

As principais bolsas européias operam em baixa hoje, com a desvalorização de ações do setor de tecnologia, movimento iniciado ontem à noite nos EUA e na Ásia. Às 11h05 (de Brasília), o índice FTSE 100, da Bolsa de Londres, caía 0,41%; o índice CAC-40, da Bolsa de Paris, cedia 0,61%; o índice DAX Xetra, da Bolsa de Frankfurt, operava em baixa de 0,68%. As ações da empresa franco-americana Alcatel Lucent caíram 10,5% depois de a maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo ter anunciado que não conseguiu fazer lucro no quarto trimestre e que as vendas declinaram no primeiro balanço da empresa combinada. As companhias de tecnologia, incluindo a consultoria de software Cap Gemini e a Ericsson, também de equipamentos de telecomunicações, caíam quase 1%. As ações da Tate & Lyle declinaram 15,6% em Londres depois de a companhia do setor de açúcar ter informado que a contribuição abaixo do esperado de seu produto Splenda deverá deixar o lucro no ano fiscal abaixo do previsto pelo mercado. As ações da operadora pan-européia de Bolsas Euronext caíram 3% com o corte na recomendação do BNP Paribas de neutra para abaixo da média de mercado. Em Frankfurt, as ações da SAP contrariavam a queda do setor de tecnologia e subiam 1,5%, reagindo à elevação na recomendação para acima da média de mercado (overweight) pelo banco de investimentos Morgan Stanley, que considera que os papéis da empresa estão baratos. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.