Bolsas européias sobem, mas British Airways cai 5%

As ações de empresas mineradoras e de companhias de petróleo sustentam os ganhos nas bolsas européias hoje, alimentadas ainda pela alta de ontem das bolsas norte-americanas. As ações da Anglo American, da Antofagasta e Vedanta, assim como das petrolíferas BP e Royal Dutch Shell são as que mais sobem na Europa. O segmento é favorecido pelos ganhos dos metais e do petróleo, que superou US$ 71,00 o barril na Nymex eletrônica nesta manhã. O setor de aviação também está em foco, mas negativo. As ações da British Airways perderam 5%, depois de revelar que autoridades britânicas e norte-americanas investigam a empresa e outras companhias aéreas por suspeita de coordenar preços com outras companhias aéreas para as taxas de combustível cobradas nos tíquetes de vôos de longa distância. A United Airlines e a American Airlines confirmaram que foram contactadas pelas autoridades norte-americanas. Já as companhias áreas européias Deutsche Lufthansa e Air France informaram desconhecer o caso. Às 8h43 (de Brasília), o índice FT-100, de Londres, operava em alta de 0,76%; o índice Xetra-DAX, de Frankfurt, registrava ganho de 0,77%; e o CAC-40, de Paris, subia 0,87%. O petróleo para agosto negociado na sessão eletrônica da Nymex subia 0,95% para US$ 71,00 o barril. O contrato chegou a US$ 71,20 na máxima mais cedo. O cobre para setembro operava em alta de 2,32% e o ouro para agosto caía levemente, 0,29%, para US$ 589,30 a onça-troy, invertendo movimento de alta. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.