Bolsas européias terminam em alta à espera do Fed

As bolsas européias fecharam em alta, na expectativa da reunião de amanhã do Comitê de Política Monetária (Copom), do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos). O mercado londrino foi sustentado pela divulgação de indicadores favoráveis sobre os gastos dos consumidores em abril no Reino Unido. As vendas em lojas abertas há mais de um ano subiram 6,8% em abril frente ao ano anterior, surpreendendo os economistas que previam ganho de 0,2%. As ações da varejista de produtos para o lar Kingfisher encerraram com avanço de 1,1%. Os papéis da Vodafone também foram destaque de alta e ajudaram a minimizar as perdas entre as ações do grupo Sage, assim como de fundos de administração de empresas como Schroders e Amvescap. As ações do grupo Sage, de softwares, caíram 4,4%, em reação a seu balanço, que mostrou aumento menor do que o esperado das receitas. O Sage disse que seu lucro líquido para os seis meses que terminou em 31 de março subiu 19,1%, para 78,5 milhões de libras esterlinas. As receitas subiram 18% para 455,9 milhões de libras esterlinas. No fim do dia, o índice FT-100, de Londres, terminou em 38,50 pontos (+0,63%), a 6.105,60 pontos. Em Paris, as ações da Arcelor fecharam em alta de 2,2%, com informações de que a Mittal Steel pode revisar sua oferta de aquisição, caso o grupo retire a rejeição à proposta e a recomende aos acionistas. As ações da Renault somaram 3,2% e as da Peugeot ganharam 2%, influenciadas pela apreciação generalizada do segmento nas praças européias. O índice CAC-40, de Paris, terminou o dia em elevação de 29,78 pontos, alta de 0,56%, em 5.312,18 pontos. Em Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou em alta modesta, limitado pela baixa liquidez. As ações da Lufthansa encerraram com ganho de 2,4%, sustentadas pelos números sobre tráfego. Os papéis da Adidas subiram 3,2%, na esteira do resultado do primeiro trimestre. O índice Xetra-DAX subiu 12,74 pontos, alta de 0,21%, em 6.140,72 pontos. Em Madri, o índice IBEX-35 terminou com avanço de 15,60 pontos (0,13%), em 12.083,30 pontos. As ações da Gas Natural fecharam em baixa 0,1%, diante do balanço divulgado hoje. Em Milão, o índice Mib30 fechou em alta de 217 pontos (0,56%), em 39.007,00 pontos. As ações da STMicroelectronics caíram 2,1%, influenciadas pela revisão na projeção de resultado da norte-americana Dell Computer. Em Lisboa, o índice PSI-20 caiu 39,02 pontos (0,39%) e fechou em 10.011,49 pontos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.