Bolsas européias terminam em direções divergentes

As Bolsas européias operaram sem direção, depois da divulgação do índice de confiança do consumidor dos EUA, que ficou abaixo das previsões, e na expectativa da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), que será divulgada ainda hoje. Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 9,7 pontos (0,17%), em 5.888,3 pontos. As ações da British Airways subiram 4,08%, em reação à queda dos preços do petróleo. As ações da rede de joalherias Signet Group caíram 7,81%, depois de a Apax e a KKR dizerem que não pretendem fazer uma oferta para sua aquisição. As ações da iSoft, da área de software para o setor médico, subiram 4%, dando seqüência aos ganhos da sexta-feira, quando a imprensa britânica informou que o BT Group e a Computer Sciences estão entre os interessados em adquirir o controle da empresa. No setor de mineração, as ações da Antofagasta subiram 2,08%, em reação a seu informe de resultados. O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, fechou em alta de 11,80 pontos (0,23%), em 5.160,32 pontos. As da EADS, do setor de tecnologia aeroespacial e militar, subiram 1,50%, em reação ao informe de que um banco russo adquiriu quase 5% da empresa. As ações da Total caíram 1,01%, influenciadas pela baixa dos preços do petróleo. Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-DAX fechou em queda de 7,97 pontos (0,14%), em 5.847,02 pontos. "Se a correção dos preços do petróleo ganhar mais impulso, o DAX poderá voltar a subir, apesar do desempenho fraco das Bolsas dos EUA", comentou um operador. As ações da indústria de pneus Continental subiram 1,53%, em reação à projeção otimista de vendas da rival norte-americana Goodyear. No setor de tecnologia, as ações da Infineon subiram 1,55%. As da Bayer, do setor farmacêutico, caíram 0,71%, em reação a seu informe de resultados. Amanhã o mercado estará atento à primeira revisão do PIB dos EUA no segundo trimestre e aos dados dos estoques norte-americanos de petróleo. O índice S&P-Mib, da Bolsa de Milão, fechou em baixa de 7 pontos (0,02%), em 37.800 pontos. As ações da Banca Intesa subiram 1,64% e as do San Paolo IMI avançaram 0,95%, dando seqüência aos ganhos de ontem, em reação ao anúncio da fusão entre as duas instituições. As ações da ENI caíram 1,15% e as da Enel recuaram 0,60%, em reação à queda dos preços do petróleo. Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 fechou em alta de 30,00 pontos (0,25%), em 12.146,60 pontos. As ações da Antena 3 subiram 3,11%, em meio a especulações de que o Santander poderá vender sua participação na empresa. As da Altados, que divulga resultados do primeiro semestre na sexta-feira, caíram 0,95%. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou em queda de 28,44 pontos (0,29%), em 9.944,11 pontos. As ações da Cimpor caíram 1,68%, devido à realização de lucros, depois da alta forte de ontem. As da Energias de Portugal recuaram 0,32%, refletindo o sentimento negativo dos investidores com relação ao setor de utilidades públicas na Europa. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

29 de agosto de 2006 | 14h51

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.