Bolsas mantém queda após relatório do BC dos EUA

Os mercados acionários, tanto em Nova York como em São Paulo, mantiveram-se em queda após a divulgação do Livro Bege, sumário das condições econômicas norte-americanas elaborado pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) e divulgado hoje. O documento, que servirá de base para a definição da taxa básica de juros dos Estados Unidos na próxima reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), do Fed, afirmou que a economia norte-americana apresentou crescimento de meados de julho até fim de agosto, mas cinco distritos regionais do Fed relataram desaceleração no crescimento. Os principais índices das Bolsas de Nova York reduziram levemente a queda após a divulgação do relatório, mas em seguida voltaram a cair para níveis ainda menores que os anteriores ao Livro Bege. Na Bolsa de Valores de São Paulo, a reação foi semelhante, com o Ibovespa chegando à mínima do dia, em baixa de 1,36¨, aos 36.860 pontos, às 15h42. No mesmo horário, o índice Dow Jones recuava 0,46%, para 11.416 pontos, o Nasdaq cedia 1,36%, para 2.175, e o S&P-500 operava em baixa de 0,83%, aos 1.302 pontos.

Agencia Estado,

06 de setembro de 2006 | 15h45

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.