Bolsas na Europa sobem com notícia sobre zona do euro

Parlamento da Alemanha ampliou o fundo de ajuda para a zona do euro, aumentando o otimismo de investidores

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 14h42

Os principais índices do mercado de ações da Europa fecharam em alta em sua maioria hoje, com os papéis de bancos como Commerzbank e BNP Paribas se valorizando depois da divulgação de dados econômicos dos Estados Unidos e da aprovação pelo Parlamento da Alemanha da ampliação de um fundo de ajuda para a zona do euro. Ainda assim os temores com uma possível desaceleração brusca na economia da China pesaram sobre as varejistas do setor de luxo.

O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,66%, ou 1,51 ponto, para fechar em 228,90 pontos. No dia anterior, o Stoxx 600 havia recuado 1,10%, interrompendo três dias de altas. Hoje, as ações subiram com Wall Street, que avançava após dados bons dos EUA. A revisão final mostrou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu à taxa anualizada de 1,3% no segundo trimestre, acima da previsão de 1,2%. Já o número de pedidos de auxílio-desemprego caiu 37 mil, para 391 mil, na semana passada, superando a estimativa de queda de 3 mil pedidos em relação ao número anterior.

Os mercados da Europa também se fortaleceram após o Parlamento alemão votar por 523 a 85 a favor da expansão da Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês). Os líderes da zona do euro concordaram com a ampliação do fundo em julho, porém precisam da aprovação no Legislativo de cada país. Ontem, a Finlândia aprovou as mudanças.

Os bancos europeus tiveram desempenho melhorado após a notícia sobre o emprego e a revisão final do PIB nos EUA. Commerzbank subiu 4,7%, enquanto Deutsche Bank avançou quase 4%. As ações do BNP Paribas subiram 5%, Société Générale ganhou 5,8% e Crédit Agricole, 4,4%. Ajudado pelos bancos, o índice DAX 30 subiu 1,1% na Bolsa de Frankfurt, fechando em 5.639,58 pontos. Na Bolsa de Paris, o CAC 40 avançou 1,07%, para 3.027,65 pontos.

Os varejistas do mercado de luxo, porém, foram pressionados, com investidores temendo uma desaceleração brusca na economia da China, segundo analistas. LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton caiu mais de 5% em Paris, enquanto os papeis do Burberry Group recuaram mais de 8% em Londres. A Burberry sofreu com os dados fracos de vendas do varejo no Reino Unido divulgados ontem, "bem como com preocupações de que uma desaceleração na China possa impactar bastante suas margens", disse Michael Hewson, analista da CMC Markets.

As ações da Hennes & Mauritz subiram 6,8%. A multinacional do setor de moda anunciou que seu lucro líquido caiu 15% no terceiro trimestre, porém também afirmou que abrirá mais lojas que o originalmente planejado no ano fiscal de 2010-2011.

A Roche, outra peso pesado, informou hoje que conseguiu a aprovação da agência regulatória dos EUA para a Accu-Chek Aviva Plus, uma fita usada para testar a concentração de açúcar no sangue de pessoas com diabetes. Com a notícia, as ações da farmacêutica suíça avançaram 1,2%. Já o FTSE 100, da Bolsa de Londres, estava se recuperando no final da sessão, porém fechou em queda de 0,40%, em 5.196,84 pontos. As ações de mineradoras seguiram sob pressão, arrastando para baixo esse índice. No setor, Xstrata caiu 3,9%, Fresnillo recuou 4,5% e Rio Tinto cedeu 3%. As ações da Antofagasta caíram 3,2%, após a Goldman Sachs cortar o rating da companhia de compra para neutro, argumentando que há opções melhores no setor. Os bancos subiram, com Standard Chartered ganhando 2,7% e Royal Bank of Scotland e Barclays avançando 1,7% cada.

Em Madri, o índice Ibex 35 subiu 1,32%, chegando aos 8.592,50 pontos. Os bancos tiveram altas, com Santander (+1,7%) e BBVA (+2,1%), e a construtora FCC disparou 15%. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 fechou em alta de 0,66%, em 5.965,93 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasEuropaAlemanhazona do euro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.