Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bônus da CSN, Suzano e Itaú têm ágio no mercado secundário

CSN e o Itaú Unibanco captaram cada um US$ 1 bilhão, enquanto a Suzano levantou US$ 650 mil

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

17 de setembro de 2010 | 11h52

Os bônus da Suzano, da CSN e do Itaú Unibanco operam com ágio no mercado secundário em relação ao valor de lançamento nesta manhã. Segundo a corretora ICAP, o bônus de vencimento em 2021 da Suzano foi negociado a 99,70 e a 99,50, acima do preço da colocação ontem a 98,116 do valor de face. Há pouco, era cotado a 99,40 na compra e em 99,60 na venda.

 

Os bônus perpétuos da CSN foram cotados mais cedo a 99,625 na compra e a 100,125 na venda, de 100 no lançamento ontem. Já os bônus de vencimento em 2021 do Itaú Unibanco eram cotados há pouco a 99,750 na compra e 100,00 na venda, acima de 99,886 no fechamento da operação confirmado esta manhã pelo banco.

 

CSN e o Itaú Unibanco captaram cada um US$ 1 bilhão, enquanto a Suzano levantou US$ 650 milhões. As três operações foram conduzidas ontem, elevam para US$ 3,6 bilhões o total de recursos captados no exterior nesta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
bônusSuzanoCSNItaúsecundário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.