Bônus de emergentes caem com maior aversão ao risco

Dado de imóveis divulgado nos EUA elevou temores sobre a economia do país

Renato Martins, da Agência Estado,

24 de agosto de 2010 | 18h20

Os preços dos títulos da dívida dos países emergentes caíram. O fraco indicador de vendas de imóveis residenciais usados nos EUA em julho alimentou os temores quanto à perspectiva da economia global e levou os investidores a buscarem ativos de menor risco. O prêmio de risco do índice Embig, do JPMorgan, elevou-se em 15 pontos-base, para 310 pontos-base; em termos de preço, o índice caiu 0,49%.

 

Entre os bônus emergentes mais voláteis, os títulos da Argentina caíram 2,78% e os da Venezuela recuaram 2,04%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bônusemergentesriscoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.