Boticário prevê aumento de 10% no faturamento em 2006

O vice-presidente do Boticário, Arthur Grymbaum, disse hoje que a empresa trabalha com a expectativa de aumento de 10% no faturamento neste ano, o que representaria R$ 2,2 bilhões. O dado considera o faturamento da franqueadora e das 2.400 unidades que a companhia possui no Brasil e no Exterior. Este ano, a companhia deve repetir a média histórica de 50 inaugurações e o investimento previsto ficará em torno de R$ 140 milhões. No ano passado, foram R$ 125 milhões. Cerca de 3% das vendas são originadas das exportações, que crescem a uma taxa de 40% ao ano. No Exterior, a empresa está em 24 países, com 1.002 pontos de venda.O executivo informou que, apesar do crescimento expressivo da empresa a cada ano, a fábrica localizada no Paraná ainda não trabalha no limite de sua capacidade. O índice de ociosidade médio anual é de 25%. O Boticário possui hoje um mix de 600 itens e lança cerca de 230 ao ano. Grymbaum destacou que grande parte do desempenho recente da companhia deve-se ao cartão fidelidade, que responde por 25% do faturamento da rede e cujo tíquete é 54,2% superior ao das vendas sem o cartão. A empresa deverá contabilizar este ano 14 mil empregos diretos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.