Bovespa abre em alta

Depois de subir 0,43%, Bolsa passou para o campo negativo após a aprovação do plano de austeridade fiscal grego

Olívia Bulla e Cynthia Decloedt, Agência Estado,

29 de junho de 2011 | 10h05

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) iniciou o pregão desta quarta-feira em alta, enquanto os investidores esperavam a votação do plano de austeridade fiscal na Grécia. Após avançar 0,43% - assim que as medidas de ajuste fiscal foram aprovadas pelo parlamento grego - o índice Bovespa diminuiu a valorização. Às o Ibovespa cedia 0,16%, aos 62.203 pontos. Hoje, o noticiário corporativo também pode agitar o pregão da Bolsa.   O Parlamento grego aprovou o controverso plano de austeridade fiscal de cinco anos, conforme prometido aos credores institucionais internacionais. Segundo contagem da Dow Jones, o pacote foi aprovado com pelo menos 151 votos favoráveis no Parlamento composto por 300 assentos.

A aprovação do pacote de 28,4 bilhões de euros em cortes de gastos e novos impostos é uma condição para a liberação da tranche de 12 bilhões de euros do programa de ajuda de 110 bilhões de euros do ano passado e para a aprovação de uma nova ajuda financeira. Sem esses recursos, a Grécia teria de dar um calote em suas dívidas.

Amanhã o governo enfrenta outro teste, quando o Parlamento irá votar sobre a legislação para a implementação de cada um dos artigos do plano de austeridade e sobre um plano de privatização de 50 bilhões de euros. Mas com a aprovação das medidas hoje, espera-se que a votação de amanhã se transforme em apenas uma formalidade. 

 Especialistas acreditam que depois de o Ibovespa ter recuperado o nível dos 62 mil pontos ontem, o sinal verde vindo da Grécia pode intensificar os ganhos da Bolsa brasileira hoje, com os efeitos de fim de mês, em conjunto com o fim do semestre, garantindo uma recuperação mais consistente aos negócios. Em junho, até ontem, o Ibovespa acumula queda ao redor de 3,6%.

Para tanto, os agentes também estarão de olho no noticiário corporativo. O mercado segue atento aos desdobramentos sobre a proposta de fusão entre Carrefour e Pão de Açúcar, no Brasil, em uma tentativa de desvendar os próximos movimentos dos grupos envolvidos na operação. Além disso, o consórcio formado pela Petrobras, Repsol Sinopec e Statoil anunciou ontem ter descoberto dois níveis de petróleo de boa qualidade no poço exploratório Gávea, no pré-sal na Bacia de Campos.

Também em destaque, estreiam hoje as ações ON da Qualicorp, sob o código QUAL3, que passa a ser a 121ª empresa do Novo Mercado da Bovespa. O grupo de saúde coletiva captou até R$ 1,085 bilhão em sua oferta pública inicial (IPO). O preço por ação foi definido em R$ 13, abaixo da faixa indicativa. Já a Kroton Educacional fecha hoje o preço da ação em sua distribuição pública primária e secundária. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaBOvespaaçõesGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.