Bovespa abre em alta, mas dependerá de dado nos EUA

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu hoje em alta, seguindo ainda o ritmo positivo observado ontem após a decisão do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) e a reação do mercado norte-americano, que nesta manhã dá sinais de continuidade do bom humor. Às 11h20, a Bolsa paulista subia 0,92%, aos 45.051 pontos, também motivada pela ata do Comitê de Política Monetária (Copom) - considerada sem surpresas e positiva por reforçar período mais longo de corte de juros. As interpretações divergentes quanto ao comunicado do FOMC não estão impedindo, por ora, que os índices futuros nos EUA mantenham-se no azul. As bolsas européias (que estavam fechadas ontem na hora da decisão norte-americana) reagem hoje, recuperando-se da queda do fechamento. De qualquer modo, a agenda nos EUA é forte em indicadores econômicos importantes nesta quinta-feira e que podem, eventualmente, influenciar os negócios para um lado ou para o outro. Dentre os destaques estão os dados de renda pessoal e gastos com consumo em dezembro, acompanhados pelo índice de preços dos gastos com consumo (PCE) de dezembro, o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 27 de janeiro, além índice de atividade industrial nacional dos gerentes de compras de janeiro. Hoje a AmBev comunicou a assinatura de um contrato para compra da cervejaria Lakeport, com sede em Ontário (Canadá), por 201,4 milhões de dólares canadenses (cerca de US$ 171 milhões). O Santander Banespa, por sua vez, anunciou lucro líquido de R$ 1,260 bilhão em 2006, mostrando queda de 27,7% sobre o ano anterior. Outra notícia que interessa aos investidores é que a Valia, fundo de pensão da Vale do Rio Doce, vai distribuir seu superávit entre todos os seus 18 mil aposentados e pensionistas. As eleições para as presidências da Câmara e do Senado, hoje, devem ser monitoradas pelo mercado de ações, mas com efeito limitado - se houver algum - sobre os negócios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.