Bovespa abre em alta, mas juro nos EUA definirá o dia

O índice Bovespa da Bolsa de Valores de São Paulo registra leve ganho nas primeiras negociações do pregão de hoje. Às 10h23, o Ibovespa subia 0,19%, a 44.436 pontos. O mercado brasileiro de ações, assim como outras bolsas no mundo, aguarda hoje a decisão do banco central americano (Fed) sobre a política de juros nos EUA. O anúncio será feito à tarde, às 15h15 (de Brasília). O mercado espera estabilidade na taxa de juro norte-americana, em 5,25% ao ano, e um comunicado do Fed ainda chamando a atenção para os riscos inflacionários. A dúvida é se o BC americano vai fazer referência ao mercado de crédito imobiliário conhecido como "subprime" (de maior risco de inadimplência), que na semana passada causou turbulências nas bolsas. Na Europa, a Bolsa de Londres se destacava pela alta forte, de 0,74%, reagindo à ata da última reunião do Banco da Inglaterra, que mostrou uma postura mais suave dos participantes do encontro em relação aos sinais de inflação e aquecimento da economia britânica. As demais bolsas da região registravam altas mais modestas. Antes da decisão do Fed, o mercado vai monitorar com atenção os dados sobre estoques semanais de petróleo nos EUA (às 11h30). O foco deve recair sobre o nível de estoques da gasolina. Com o início da primavera e aproximação do verão, aumenta o fluxo de carros nas estradas norte-americanas e nos demais países do Hemisfério Norte, elevando a demanda por gasolina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.