Bovespa abre em alta, mas não se sustenta

Às 10h42, o Ibovespa marcava queda de 0,06%, aos 47.350 pontos, depois de registrar alta nos primeiros negócios

Fernando Travaglini, da Agência Estado,

24 de fevereiro de 2014 | 11h06

Não bastasse uma semana com Copom, PIB, resultado fiscal e rolagem de derivativos de câmbio, os investidores do mercado de ações aguardam ainda os balanços de Petrobras (nesta terça-feira, 25) e da Vale (na quarta-feira, 26). Sob essa expectativa, o pregão desta segunda-feira, 24, iniciou o dia em leve alta, seguindo o sinal positivo vindo de Nova York, mas virou logo em seguida.

Às 10h42, o Ibovespa marcava queda de 0,06%, aos 47.350 pontos, depois de registrar alta nos primeiros negócios. Em NY, o futuro do S&P 500 desacelerou a alta depois da divulgação de que o Índice de Atividade Nacional do Federal Reserve de Chicago caiu a -0,39 em janeiro, de -0,03 em dezembro. Na Europa, Londres recuava (-0,15%), com Frankfurt em ligeira queda (-0,01%).

As ações da Petrobrás tinha valorização, assim como os papéis de bancos. Mas a Vale recuava em meio aos temores com o desempenho da atividade na China.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.