Bovespa abre em alta, mas não se sustenta e cai

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu em alta, mas inverteu o sinal. Às 11h20, a bolsa paulista caía 0,13%, aos 44.832 pontos. Sem agenda relevante nos Estados Unidos e ainda na dependência se o mercado norte-americano terá alguma reação forte aos discursos de autoridades do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) ao longo do dia, a Bovespa deve ficar hoje à mercê do jogo envolvendo os vencimentos de opções sobre ações, de opções sobre Ibovespa (índice à vista da bolsa) e de contratos de Ibovespa futuro na semana que vem. Até lá, não há prognósticos certeiros de tendência. E hoje, como brincou um operador, "pode acontecer tudo, inclusive nada". Se as commodities ajudarem, disse a fonte, o mercado pode ter um dia bom. No exterior, o níquel subia 2,3% mais cedo, o cobre valorizava-se em 1%, alumínio tinha elevação de 0,1% e estanho, de 0,5%, mas o petróleo estava em queda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.