Bovespa abre em alta, mas pouca liquidez derruba índice

Papéis da Peterobras sobem com a perspectiva da reunião do Conselho de Administração, na próxima sexta-feira, 29. Vale também recua.

Fernando Travaglini, da Agência Estado,

25 de novembro de 2013 | 11h08

Seguindo o bom humor externo em função do acordo nuclear entre as potências globais e o Irã, o índice da Bolsa de São Paulo iniciou o dia em alta, puxado pela valorização de mais de 1% das ações da Petrobras. Em Nova York, no mercado futuro, o S&P 500 subia 0,32%, o Nasdaq avançava 0,39% e o Dow Jones estava em +0,39%.

Por volta das 10h25, o Ibovespa avançava 0,20%, aos 52.897 pontos. Em seguida, no entanto, o mercado virou e o índice passou a cair 0,49%, para 52.541 pontos, às 10h40, em função do baixo volume, que abre espaço para maior volatilidade.

Os papéis da estatal de petróleo ainda sobem com a perspectiva da reunião do Conselho de Administração, na próxima sexta-feira, 29, e recuperando-se das perdas de sexta-feira. Já os bancos têm novo dia de queda de suas ações, ante a ação no STF da remuneração da caderneta de poupança. Vale também recua.

Destaque ainda para a publicação de aviso de mercado da Via Varejo de sua oferta secundária de 107.562.595 units no Nível 2 da Bolsa, que pode chegar a R$ 4,879 bilhões. O preço será fixado no dia 12 de dezembro. O início das negociações das ações na Bovespa, sob o código "VVAR11", está previsto para 16 de dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Ibovespaliquidez

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.