Bovespa abre em alta puxada por Vale e exterior

Às 11h22 (horário de Brasília), o índice Bovespa avançava 0,91%, para 67.555 pontos

Marisa Castellani, da Agência Estado ,

25 de fevereiro de 2011 | 11h25

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o dia em alta, puxada pelos resultados divulgados no fim da noite de ontem pela Vale e pelo ambiente mais calmo no exterior. Os contratos futuros do petróleo começaram o dia em leve alta e as cotações permanecem contidas nesta manhã. Às 11h22 (horário de Brasília), o índice Bovespa avançava 0,91%, para 67.555 pontos.

A mineradora Vale registrou um lucro líquido de US$ 5,917 bilhões no quarto trimestre de 2010, considerando o padrão contábil norte-americano (US GAAP). O resultado ficou 9,7% acima da média das projeções de sete instituições financeiras, que esperavam US$ 5,393 bilhões. No acumulado de 2010, o lucro líquido da companhia cresceu 222,7%, para US$ 17,264 bilhões. Este foi o maior lucro da história da mineradora.

Os resultados da Vale no quarto trimestre e no acumulado de 2010 refletiram os preços elevados do minério de ferro e a demanda pela commodity. O níquel também favoreceu os números. No quarto trimestre do ano passado, os preços médios da tonelada do minério foram de US$ 121,34, um valor 117,2% maior que o do mesmo período de 2009, mas 5,4% abaixo dos praticados no terceiro trimestre de 2010. Em 1º abril do ano passado, começou a vigorar o sistema trimestral de reajustes do minério. Desde a adoção do novo sistema, o único reajuste negativo foi o fechado para o quarto trimestre. A China continuou sendo o maior mercado do minério da Vale, mas a participação do país caiu de 56,8% em 2009 para 42,9% em 2010.

No exterior, as principais bolsas registram ganhos, sob a influência do alívio no mercado de petróleo. As ações da Petrobras também estarão no foco hoje, já que a companhia anuncia seus resultados após o fechamento do pregão. A previsão do mercado é de que a Petrobras apresente um lucro líquido de R$ 8,92 bilhões no quarto trimestre de 2010. O cálculo tem base na média de previsões de seis casas consultadas pela Agência Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesBovespaValeexteriorpetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.