Bovespa abre em baixa com feriados no exterior

 A ausência do investidor estrangeiro deve reduzir o volume negociado

RENATA PEDINI, Agencia Estado

27 de maio de 2013 | 10h29

A Bovespa abriu em leve queda nesta segunda-feira de feriados do Memorial Day, nos Estados Unidos, e bancário, no Reino Unido, que deixam fechados os mercados acionários em Nova York e em Londres. A ausência do investidor estrangeiro deve reduzir o volume negociado. Por volta dass 10h10, o Ibovespa caía 0,04%, aos 56.385,26 pontos. Não está descartada, contudo, valorização.

"Hoje, é complicado. A Bovespa perde o referencial de preços com os feriados e perde muita liquidez. Pode ir para um lado ou para o outro", disse o sócio e economista-chefe da Órama Investimentos, Álvaro Bandeira. Na realidade, acrescentou, esta é uma semana de apenas três pregões normais (terça, quarta e sexta-feira), já que quinta é feriado no Brasil (Corpus Christi).

"E na quarta tem divulgação do PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre e da decisão do Copom (Comitê de Política Monetária)", lembrou, avaliando que para a Bolsa uma alta de 0,25 ponto porcentual da Selic ou de 0,50 não faz tanta diferença. "O PIB, sim, se vier ruim, pode afetar os negócios", completou Bandeira.

Na Europa, as bolsas operavam em alta, em movimento de correção das baixas da sexta-feira. Paris subia 0,68%, Frankfurt tinha alta de 0,69% e Madri, +0,82%.

Entre as commodities, os preços do petróleo recuavam em meio a preocupações com a demanda global e, principalmente, da China. Às 10h10, o contrato futuro do petróleo WTI caía 0,56%, aos US$ 93,62 o barril, e o brent cedia 0,14%, a US$ 102,50 o barril.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaIbovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.