Bovespa abre em baixa, com petróleo e metais em queda

Apesar de a produção industrial brasileira de novembro ter vindo melhor do que o esperado pelo mercado, o que continua comandando os negócios na Bolsa de Valores de São Paulo são as commodities (metais e petróleo), cujos preços seguem depreciados, e o mercado de ações internacional, que está operando no vermelho esta manhã. Isso explica a queda de mais de 1% registrada pelo índice Ibovespa futuro no pregão eletrônico, mais cedo. O índice à vista seguiu o mesmo caminho do mercado eletrônico e abriu o pregão regular em queda. Às 11h20, o Ibovespa caía 1,09% a 43.541 pontos. O enfraquecimento das commodities e do preço do petróleo deve manter as ações da Vale do Rio Doce, do setor siderúrgico e da Petrobras pressionadas hoje. O petróleo é negociado esta manhã na plataforma eletrônica da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) em baixa de 1%, a US$ 55,00 o barril. Em Londres, o petróleo recuou esta manhã para o nível de US$ 54 o barril. Na Europa, a queda das ações de empresas de matérias-primas e um alerta negativo da Motorola, que cortou previsão de lucros para o quatro trimestre, está puxando para baixo as principais bolsas. O efeito Motorola também repercute em Nova York, onde o mercado opera cauteloso à espera do relatório de vagas de trabalho (payroll), que sai no final desta manhã. O Nasdaq futuro recuava 0,72% às 11h20 e o S&P 500 caía 0,48%. Segundo analistas, se o mercado norte-americano reagir bem ao relatório do mercado de trabalho, a Bolsa paulista pode ter forças para voltar ao terreno positivo. A queda da Bovespa nos últimos dois dias é vista como um ajuste e ainda haveria espaço para mais baixas. O Ibovespa à vista pode cair até 42.800 a 43 mil pontos. "No curtíssimo prazo, o mercado já está sobrevendido porque se ajustou muito rápido, Tecnicamente teria de haver uma recuperação de preços, mas com o mercado externo enfraquecido é difícil que isso ocorra", segundo o diretor da Ágora, Alvaro Bandeira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.