Bovespa abre em baixa, em dia de vencimento de opções

 Data deve aumentar volatidade da bolsa em dia de cenário externo ruim

Olívia Bulla, da Agência Estado,

21 de novembro de 2011 | 11h24

O vencimento de opções sobre ações hoje entra como um fator adicional de volatilidade à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), em meio às incertezas com a crise externa. Mas o dia não está bom para as compras. "O que vai puxar a Bolsa para baixo hoje é o cenário externo", comenta um operador de uma corretora paulista, referindo-se às fortes perdas exibidas pelos mercados acionários na Europa e em Nova York nesta manhã. Às 11h20, o Ibovespa caía 1,60%, aos 55.823 pontos.

A opção é um contrato que confere ao portador o direito de compra ou venda de um ativo a um preço predeterminado. O vencimento de opções é a data de validade desses contratos. A partir do dia seguinte, o detentor da opção não pode mais exercê-la. Por isso, no dia de vencimento das opções e nos dias imediatamente anteriores, o movimento da Bolsa pode sofrer distorções, com os investidores atuando de forma tal que os preços das ações se aproximem daqueles valores que mais os favorecem quando a opção for exercida.

Por isso, os analistas gráficos da Itaú Corretora chamam a atenção para o nível dos 56 mil pontos, do qual o Ibovespa se aproxima perigosamente. Segundo eles, o índice à vista deve ganhar força na queda abaixo deste importante patamar, entrando em tendência de baixa no curto prazo.

Mas o profissional citado acima em anonimato ressalta que, apesar de os negócios locais ficarem vulneráveis pelo jogo entre "comprados" e "vendidos", são as incertezas sobre a situação fiscal na Europa e nos EUA que devem ditar o ritmo.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespaaberturaopções

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.