Bovespa abre em queda e deve seguir exterior

A semana é fraca de indicadores que possam determinar um rumo para o mercado doméstico de ações. Assim, os investidores devem pautar suas transações por pequenas notícias que venham a surgir no decorrer do período e pelo comportamento dos ativos internacionais. Seguindo o ritmo sinalizado pelos índices futuros das bolsas nos Estados Unidos e pelo preço do petróleo, hoje o Ibovespa - principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) - abriu em baixa, e caía 0,24%, aos 44.887 pontos, às 11h03. A maior expectativa da semana é a fala do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Ben Bernanke, que amanhã discursa durante evento da Câmara de Comércio de Omaha (Nebraska), a partir das 16h30. Hoje, o presidente Bush anuncia a proposta de Orçamento de seu governo para o ano fiscal de 2008. Ainda há a previsão de divulgação do índice de atividade dos gerentes de compras para o setor não industrial (serviços) referente a janeiro. No Brasil, os dados de produção industrial divulgados nesta segunda-feira pelo IBGE não devem causar impacto nas transações com ações, até porque, a reação é amena no mercado futuro de juros. No decorrer da semana, as notícias corporativas podem influenciar, mas sem força para determinar a tendência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.