Bovespa acompanha exterior e abre em queda

Por volta das 10h30, o Ibovespa caía 0,90%, aos 53.819 pontos,  pontuação mínima do dia, com ações da Petrobras devolvendo alta de ontem

Olívia Bulla, da Agência Estado,

19 de novembro de 2013 | 10h46

A Bovespa abriu o pregão desta terça-feira em queda e já é negociada abaixo dos 54 mil pontos, acompanhando o sinal negativo exibido pelos mercados internacionais. Os investidores estão atentos aos discursos do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, e da distrital de Chicago, Charles Evans, programados para o dia, em busca de sinais sobre quando deve ser iniciada a redução do programa de compra de bônus nos Estados Unidos.

Por volta das 10h30, o Ibovespa caía 0,90%, aos 53.819 pontos, na pontuação mínima do dia. As ações ON e PN de Petrobras recuavam 1,67% e 1,63%, nesta ordem, devolvendo parte da alta de ontem, enquanto Vale tinha perdas mais moderadas, de -0,44% e -0,30% nos papéis ON e PNA. Ainda no horário, o futuro do S&P 500 caía 0,22%, enquanto as bolsas de Paris e de Frankfurt perdiam 1,05% e 0,39%, nesta ordem.

Segundo operadores, os mercados acionários estão "de ressaca", corrigindo parte da forte alta de ontem. Além disso, é esperada certa cautela nos negócios domésticos, por causa do feriado na cidade de São Paulo, amanhã, o que implicará ajustes na sessão de quinta-feira, quando ecoarão as observações de Bernanke, que devem ser feitas apenas hoje à noite, e também o conteúdo da ata da última reunião de política monetária do Fed, a ser conhecida amanhã.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.