Bovespa acompanha NY e fecha com perda de 0,96%

A Bolsa de Valores de São Paulo operou em baixa durante todo o dia, atrelada novamente ao comportamento das bolsas norte-americanas. O Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, registrou perda de 0,96% e fechou aos 45.206 pontos. Em Nova York, o índice Dow Jones cedeu 0,58% e o Nasdaq recuou 0,74%. Hoje, o motivo do mau humor foi a piora da confiança do consumidor nos EUA em março. O índice do Conference Board caiu para 107,2 ante 112,5 em fevereiro. O mercado já esperava por um resultado ruim por causa do aumento recente nos preços do petróleo, mas o fato de ter vindo um dia depois de ter sido anunciada uma queda forte nas vendas de novas moradias e um dia antes do pronunciamento do presidente do Fed (Federal Reserve, banco central dos EUA), Ben Bernanke, deu margem para a postura defensiva. Um dos sinais desse postura foi o volume de negócios. Tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, o giro financeiro foi menor que o habitual. A movimentação na Bovespa totalizou hoje R$ 2,30 bilhões. Ben Bernanke fala amanhã às 10h30 ao Comitê Econômico Conjunto do Congresso. Os analistas esperam que o presidente do BC americano fale sobres os riscos inflacionários e sobre o enfraquecimento da economia, com alguma sinalização sobre o mercado de crédito imobiliário a clientes de maior risco (conhecido como subprime), que passa por uma crise.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.