Bovespa ainda acumula lucro de 43% em um ano

Apesar do cenário turbulento do último mês, com saída expressiva de capital estrangeiro e quedas consecutivas, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ainda acumula ganho de 43,47% no período de 12 meses. Ou seja, quem tinha aplicações em Bolsa desde o começo do ano passado ainda registra lucros - algo que contribui para a debandada de investidores, segundo especialistas. Como o cenário é incerto, por causa dos juros norte-americanos, que poderiam desencadear uma retração da economia mundial, os investidores querem sair enquanto há lucro. Um exemplo é o Brazil Fund Inc., fundo americano fechado de ações brasileiras, que decidiu liquidar sua carteira em maio e vender os papéis. "Eles entraram num momento em que a Bovespa estava com pontuação bem baixa e saíram quando estava em 40 mil pontos", afirma o economista da GRC Visão Jason Vieira. Mas há aqueles investidores que não têm a opção de sair quando quiserem. É o caso de quem tem ações da Petrobras e da Vale, comprados com dinheiro do FGTS. Nesses casos, eles só podem retirar o dinheiro do fundo nas ocasiões previstas na legislação do FGTS, como para comprar o primeiro imóvel. As ações da Petrobras caíram 15,87% (ON) e 14,42% (PN) em um mês. Já os papéis da Vale recuaram 17,68% (ON) e 16,72% (PNA).

Agencia Estado,

09 de junho de 2006 | 08h46

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.