Bovespa alterna altas e baixas; Varig puxa perdas

Sob a trava do vencimento de opções sobre ações na Bolsa de Valores de São Paulo, o índice Ibovespa à vista opera com volatilidade no pregão desta manhã. A abertura foi em alta, depois o índice passou para o terreno negativo e retomou a valorização com a abertura das bolsa norte-americanas. Mas às 11h30 voltava a cair mais de 1%, a 34.039 pontos. O volume financeiro soma R$ 721 milhões em uma hora e meia de pregão e projeta R$ 2,9 bilhões para o final do dia. As ações que lideram as altas são CCR ON (3,33%); TIM ON (2,88%) e Cesp PN (2,73%). Entre as principais perdas, Acesita PN (-2,35%); Vivo PN (-2,34%) e Celesc PNB (2,05%). As ações da Petrobras lideram o giro financeiro, com R$ 80 milhões e queda de 0,55%. Vale PNA negocia R$ 27 milhões e recua 0,58%. Bradesco PN gira R$ 23 milhões, com alta de 1%. A expectativa é para um vencimento de opções sobre ações apenas morno, que deverá movimentar cerca de R$ 600 milhões. As ações preferenciais da Varig hoje caem 16,36%, cotadas a R$ 1,79. Investidores ainda aguardam uma definição para a situação da empresa e há expectativa para a decretação de falência.

Agencia Estado,

19 de junho de 2006 | 11h34

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.