Bovespa avança 1,08% e fecha em novo recorde

A Bovespa fechou hoje em alta de 1,08%, a 41.417 pontos, novo nível recorde. O volume de negócios foi de R$ 3,19 bilhões. O Ibovespa oscilou entre a máxima de 41.448 pontos e a mínima de 40.975 pontos. A sexta-feira foi boa para a Bolsa. Os dados divulgados logo cedo - vagas criadas nos EUA e produção industrial no Brasil - mantiveram o mercado em trajetória ascendente. A Bolsa paulista cravou mais um recorde de pontuação (o vigésimo primeiro deste ano), estimulada pelo bom desempenho do mercado norte-americano, onde as bolsas fecharam em alta e o juro dos títulos do Tesouro norte-americano seguem em baixa, ambiente que favorece o fluxo de recursos estrangeiros para o mercado de renda variável. O enfraquecimento do mercado de trabalho norte-americano em abril suavizou as preocupações dos investidores com o prolongamento do ciclo de alta da taxa dos Fed funds naquele país. Foram criadas em abril 138 mil vagas de emprego, bem abaixo da previsão de 205 mil. A outra boa notícia é que os números de fevereiro e março foram revisados para baixo. A taxa de desemprego se manteve estável, em 4,7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.