Bovespa bate máximas seguindo melhora das bolsas em Nova York

Mercados norte-americanos  melhoraram com notícia de que índice de confiança do consumidor norte-americano ficou estável em fevereiro

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

14 de fevereiro de 2014 | 14h42

A Bovespa atingiu o maior patamar da sessão na última hora, acompanhando uma melhora do desempenho das bolsas dos EUA com a notícia que índice de confiança do consumidor norte-americano ficou estável em fevereiro. Perto das 14h30, o Ibovespa subia 0,77%, para 48.179,61 pontos, após ter atingindo a máxima de 48.309,40 pontos.

No mesmo horário, as ações da Petrobras seguiam em queda, com as PNs (-0,14%) e as ON (-0,07%), ainda pressionadas pelo vencimento de opções sobre ações, que ocorrerá na segunda-feira. No setor financeiro, os papéis do Banco do Brasil também recuavam (-0,63%). Hoje, o Credit Suisse reduziu a recomendação para as ações do banco de outperform (desempenho acima da média do mercado) para neutro após os resultados do quarto trimestre e guidance (metas) "desapontadores" para 2014, anunciados ontem pela instituição.

No câmbio, o dólar continuava a ser negociado no menor patamar da sessão a R$ 2,3850, com queda de 0,87%, ainda refletindo o dado do sentimento do consumidor nos EUA, enquanto os investidores fazem a usual pausa para o almoço no mercado doméstico. A taxa Ptax desta sexta-feira fechou a R$ 2,3924, com queda de 1,30% em relação ao fechamento de ontem (R$ 2,4238).

As taxas de juros também mantinham as perdas e operavam muito perto dos patamares vistos na hora anterior. O Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em abril de 2014 apontava 10,570%, ante 10,595% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2015 indicava 11,31%, ante 11,38% no ajuste anterior. No trecho longo da curva a termo, o contrato com vencimento em janeiro de 2017 tinha taxa de 12,68%, de 12,76% e o com vencimento em janeiro de 2021, de 13,10%, ante 13,08%.

Entre os eventos previstos para a próxima semana, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República confirmou nesta tarde que a presidenta Dilma Rousseff participará, em Bruxelas, no próximo dia 24 de fevereiro, da VII Reunião de Cúpula Brasil-União Europeia.

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaNY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.