Bovespa cai 0,41%, após recordes consecutivos

Após dois recordes consecutivos de pontos, o Índice Bovespa fechou hoje em queda de 0,41%, a 39.774 pontos. O volume de negócios hoje foi de R$ 2,54 bilhões. O Ibovespa oscilou entre a máxima de 40.278 pontos e a mínima de 39.435 pontos. O recuo na Bolsa aconteceu devido a um movimento de realização de lucros. Antes disso, entretanto, o índice subiu, influenciado pela alta das bolsas norte-americanas, que vêm sendo sustentadas nos últimos dias pelos balanços favoráveis de empresas (hoje, apenas o índice Nasdaq fechou em queda). A Bolsa teve motivos para realizar lucros nesta quinta-feira, véspera de feriado prolongado no Brasil. Com a valorização de ontem, acumula ganho de mais de 19% no ano. O feriado de amanhã, quando o resto do mundo estará operando, serve de pretexto para os investidores embolsarem lucros. Outro motivo é a realização de lucros nas commodities em geral, a começar pelo petróleo. Depois de ter superado US$ 74 o barril hoje logo cedo, em Londres, os preços caíram, porém ainda continuam em níveis muito elevados. A prata desabou 14% e o ouro chegou a cair 3,8%, repercutindo a decisão dos fundos de liquidar posições.

Agencia Estado,

20 Abril 2006 | 17h30

Mais conteúdo sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.