Bovespa cai 0,84% e tem segunda queda seguida

Dados fracos das vendas no varejo e comentários do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, reforçaram a aversão ao risco 

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

13 de fevereiro de 2014 | 17h49

A Bovespa fechou em queda pelo segundo dia consecutivo, mais uma vez descolada dos mercados internacionais, devido aos receios dos investidores com a situação da economia do Brasil. Dados fracos das vendas no varejo e comentários do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, reforçaram a aversão ao risco.

No fim da negociação, o Ibovespa caiu 0,84%, aos 47.812,83 pontos. Na máxima da sessão, o índice atingiu 48.211 pontos, e, na mínima, somou 47.129 pontos. O índice acumula alta de 0,37% no mês de fevereiro e queda de 7,17% no ano.

O IBGE disse nesta quinta-feira, 13, que as vendas no varejo caíram 0,2% em dezembro ante novembro, no conceito restrito, resultado inferior à mediana estimada de alta de 0,30%. Esse foi o primeiro resultado negativo após nove meses consecutivos de expansão. Já no acumulado de 2013, as vendas do varejo avançaram 4,3%, abaixo da mediana de aumento de 4,40%, e marcaram o pior desempenho anual do setor em 10 anos.

A divulgação dos dados, somada aos recentes temores com a possibilidade de uma crise no setor energético e ao relatório do Federal Reserve que citou as vulnerabilidades do País, reduziu o apetite por risco dos investidores. Nem mesmo a alta registrada pelos índices acionários em Wall Street conseguiu tirar a Bolsa brasileira do vermelho.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, sinalizou nesta quinta que a instituição está bastante preocupada com a inflação e com a turbulência internacional. Tombini disse que o BC ajustará seus instrumentos para trazer a inflação para baixo e que as reservas cambiais do País poderão ser usadas para conter o impacto da desvalorização do real na economia.

As ações ON do Banco do Brasil lideraram as perdas da sessão e fecharam em queda de 4,61%. O declínio dos papéis refletiu o balanço da instituição que mostrou contração de 23,7% do lucro líquido no quarto trimestre, em bases anuais, para R$ 3,025 bilhões no quarto trimestre de 2013.

Entre as blue chips, a Petrobrás registrou forte queda, pressionada por uma relação de lucros. Petrobrás ON (-2%) e Petrobrás PN (-2,34%). As ações da PNA e ON da Vale recuaram 0,10% e 0,41%, respectivamente.

Do lado positivo, as ações da Embraer fecharam em alta de 2,39% com o anúncio de que a companhia recebeu novas encomendas. A indiana Air Costa encomendou nesta quinta-feira 50 aeronaves E-Jets E2.

Tudo o que sabemos sobre:
bovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.