Bovespa despenca mais de 6%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, chegou a cair 6,54% esta tarde, para 43.186 pontos, em reação às perdas de 8,8% na Bolsa da China, que provocaram baixas nos mercados acionários ao redor do mundo. Entre as principais baixas estavam as ações de Brasil Telecom (11,18%), Metalúrgica Gerdau (7,89%), Bradesco Participações (9,19%) e Companhia Siderúrgica Nacional (8,65%). As ações preferenciais da Petrobras, papéis de maior peso no índice, caíam 5,06%. Vale do Rio Doce PNA tinha baixa de 7,84%. Em Nova York, as bolsas registram esta tarde um de seus piores dias nos últimos anos. O índice Nasdaq, da Bolsa eletrônica, perdia 75 pontos (2,99%), sua maior queda desde outubro de 2001. A queda do S%P-500, de 35 pontos (2,44%) é a maior desde março de 2003. Além disso, tanto o S&P-500 quanto o principal índice de Wall Street, o Dow Jones, passaram a acumular perdas no ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.