Bovespa encerra com perda de 1,06%

O retorno dos investidores estrangeiros para o mercado de ações brasileiro, colocando uma pausa no movimento de aversão ao risco, puxou a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) na maior parte do pregão. A volatilidade das taxas de juros nos Estados Unidos, no entanto, perturbou a calmaria e levou o principal índice da bolsa brasileira a fechar em queda de 1,06%, a 36.110 pontos. O volume financeiro foi de R$ 3,11 bilhões. A perda em maio do Ibovespa alcança 10,54%. O índice Dow Jones perdia 0,24% e o índice da bolsa eletrônica Nasdaq 0,65%. O título de dois anos de prazo do Tesouro dos Estados Unidos operava estável, a 4,9288%, depois de oscilar entre 4,9160% e 4,9717%. Os títulos de dez anos variaram durante os negócios entre 5,0243% e 5,0875% e os de 30 anos oscilaram entre 5,1155% e 5,1801%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.