Bovespa fecha com ganho de 2,42%, ajudada por NY

A recuperação do Ibovespa ontem no fechamento (0,5%) foi amplificada hoje pela manhã com a ajuda do mercado norte-americano. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou com valorização de 2,42%, aos 35.819 pontos, após permanecer todo o pregão no terreno positivo. O índice oscilou entre a mínima estável e a máxima de 2,44%. O volume negociado ficou em R$ 2,45 bilhões. Nos EUA, os investidores reagiram bem aos sinais de melhora da confiança do consumidor norte-americano e de recuperação da atividade industrial na região de Richmond. A Conference Board informou que o índice de confiança do consumidor de setembro subiu para 104,5, acima da mediana das previsões, de 104,0, em setembro. Além disso, o nível da confiança de 99,6, em agosto, foi revisado em alta, para 100,2. Para completar, o índice de atividade industrial regional do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Richmond subiu de 3 em agosto para 9 em setembro. A Telemar e a Arcelor Brasil estiveram entre os grandes destaques do dia. Nos dois casos, as compras foram impulsionadas por decisões da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que removeram dúvidas que vinham causando muita volatilidade nos papéis. As ações ordinárias da Arcelor Brasil dispararam 7,12%, as ações ordinárias da Telemar avançaram 6,49% e as ações preferenciais da Telemar subiram 3,96%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.