Bovespa fecha com perda de 1,05%, apesar de NY

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o Ibovespa, foi na contramão das bolsas de Nova York no período da tarde. Enquanto os principais índices de Wall Street terminaram o dia em leve alta, o Ibovespa recuou 1,05%, para os 36.556,9 pontos. O índice oscilou entre a mínima de -1,23% e a máxima de +0,65%. O volume financeiro ficou em R$ 1,79 bilhão. Segundo operadores, as ações de Petrobras PN, Banco do Brasil ON e Vale do Rio Doce PNA foram as principais responsáveis pelo recuo da Bovespa. Petrobras caiu 2,40%, BB ON registrou baixa de 4,62% (a maior baixa do índice) e Vale PNA tinha perdas de 1,85%. Petrobras e Banco do Brasil operaram com variação negativa diante da recepção pouco festiva pelo mercado em relação aos seus balanços do segundo trimestre. Já Vale do Rio Doce ainda refletiu a oferta de compra da canadense Inco, feita na semana passada pela empresa brasileira. Em Nova York, as Bolsas terminaram em alta, reagindo ao recuo do petróleo (-1,10%). O índice Dow Jones subiu 0,08% e o Nasdaq, 0,55%

Agencia Estado,

14 de agosto de 2006 | 17h38

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.