Bovespa fecha em alta de 0,87%, puxada por Petrobras

A recuperação das ações de Petrobras e o desempenho tranqüilo do mercado internacional sustentaram a alta da Bovespa no vencimento de opções sobre ações. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, terminou o dia com ganho de 0,87%, aos 36.482 pontos. Na mínima, o índice recuou 0,10%. Na máxima, subiu 1,38%. O volume ficou em R$ 2,22 bilhões. Do total, R$ 446,179 milhões vieram do exercício de opções de compra e de venda de ações. Os negócios do vencimento de opções ficaram dentro das expectativas dos analistas e bem abaixo dos registrados em agosto (R$ 1,095 bilhão). A alta das ações de Petrobras, o papel mais negociado do pregão, acompanhou a recuperação técnica dos preços do petróleo. Depois de terem caído para abaixo dos US$ 63,00 o barril por alguns minutos pela manhã, os preços retomaram o sinal de alta e terminaram o dia valendo US$ 63,80 em Nova York. As ações preferenciais da Petrobras registraram hoje valorização de 3,57% e as ações ordinárias da empresa subiram 3,62%.

Agencia Estado,

18 de setembro de 2006 | 17h21

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.