Bovespa fecha em alta de 4% com perspectiva de vitória de Hillary nos EUA

Bovespa fecha em alta de 4% com perspectiva de vitória de Hillary nos EUA

Petrobrás e Vale subiram mais de 7%, acompanhando o bom humor dos mercados financeiros internacionais; dólar caiu e fechou cotado a R$ 3,20

Ana Luísa Westphalen, O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2016 | 13h51
Atualizado 07 Novembro 2016 | 18h38

SÃO PAULO - A Bovespa pegou carona no otimismo que toma conta dos mercados acionários globais e fechou com valorização de 3,98% nesta segunda-feira, 7, diante do favoritismo da democrata Hillary Clinton para as eleições presidenciais dos Estados Unidos, que ocorrem na terça. O Ibovespa ultrapassou os 64 mil pontos, em linha com os fortes ganhos em Wall Street e das praças acionárias da Europa. As ações da Petrobrás, Vale e de sirúrgicas tiveram forte valorização. No mercado de câmbio, o dólar fechou em queda de 0,77%, de R$ 3,2066.

No domingo, o diretor do FBI, James Comey, anunciou não haver evidências que justifiquem acusações formais contra a candidata pelo uso de um servidor privado para o envio de e-mails durante o período em que foi secretária de Estado.

Além disso, pesquisas eleitorais recentes mostram Hillary à frente do adversário republicano Donald Trump, que é considerado pelo mercado com mais imprevisível e, portanto, sua vitória representaria um risco, na visão do mercado.

A notícia de que Hillary não sofrerá acusações formais do FBI também favoreceu a busca por ativos mais arriscados, como commodities, e sustentou a valorização dos contratos futuros de petróleo negociados em Londres e em Nova York. Na esteira, as ações da Petrobrás saltaram 6,82% (ON) e 7,63% (PN).

As ações da Vale e das siderúrgicas, por sua vez, reagiram positivamente ao avanço do preço do minério de ferro no mercado chinês. Os papéis da Vale subiram 7,03% (ON) e 8,24% (PNA). Usiminas PNA fechou em alta de 9,02%, CSN ON avançou 6,73% e Gerdau PN subiu 9,09%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.