Bovespa fecha em baixa de 0,10%, influenciada por NY

Após um começo de trimestre bastante positivo, a Bovespa, fechou em leve baixa, entregando aos investidores uma pequena parte dos ganhos acumulados na semana até ontem (4,19%). O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrou perda de 0,10%, para 37.940 pontos. O índice oscilou entre a mínima de -1,28% e a máxima estável. O volume negociado ficou em R$ 1,95 bilhão. A realização de lucros acompanhou o movimento de baixa do mercado de ações norte-americano, que veio de uma semana de seguidos recordes. O pretexto para a realização de lucros, tanto aqui como lá, foi dado pelo relatório de emprego norte-americano (payroll) de setembro, divulgado esta manhã. O relatório foi considerado dúbio pelos analistas. Foram abertos 51 mil postos de trabalho em setembro, ante estimativa de 125 mil novas vagas. Mas a taxa de desemprego recuou para 4,6%, e os dados do payroll de julho e agosto foram revisados para cima. O pequeno número de vagas criadas em setembro pode estar sinalizando um arrefecimento no mercado de trabalho, o que reduz as pressões inflacionárias, mas aumenta a probabilidade de menor crescimento da economia, segundo os analistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.