Bovespa fecha em queda, atenta a noticiário político

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, encerrou a sexta-feira em queda de 0,28% em relação ao dia anterior, aos 38.049 pontos. O volume financeiro foi mais fraco (R$ 1,76 bilhão) nesta véspera de vencimento na bolsa. Segundo analistas, devido a movimentos técnicos relacionados ao vencimento, que sempre costumam provocar alguma distorção no preço dos papéis, os investidores estrangeiros estiveram fora da bolsa hoje. Mas pelo menos a "sangria" de capital externo parece ter sido contida. Na última quarta-feira, dia 15, a Bovespa teria registrado saída moderada de cerca de R$ 55 milhões, segundo uma fonte. A expectativa em relação às notícias envolvendo o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, voltou à berlinda desde a última terça-feira, quando o jornal O Estado de S. Paulo publicou a entrevista do caseiro da mansão alugada em Brasília, que seria freqüentada pelo ministro e por ex-assessores. O mercado se manteve na defensiva com o noticiário de final de semana, que pode trazer novas denúncias envolvendo o ministro, embora alguns analistas digam que o mercado já estaria embutindo no preço das ações uma possível saída de Palocci da Fazenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.