Bovespa ignora exterior e cai em dia de vencimento de opções

O dólar registra alta, após so EUA divulgarem dados de venda de moradias melhores do que o esperado

Luciana Antonello Xavier, da Agência Estado, Texto atualizado às 13h53

22 de abril de 2014 | 11h42

Após um início fraco, o Ibovespa renovou as máximas, impulsionado por dados melhores do que o esperado nos Estados Unidos e na zona do euro, que ajudam também as bolsas dessas regiões. No início da tarde, porém, a bolsa passou a ignorar o exterior e voltou para o terreno negativo, após o vencimento de opções sobre ações.  

Nos EUA, as vendas de moradias usadas caíram 0,2% em março ante fevereiro, para uma taxa anual de 4,57 milhões de unidades, superando a expectativa de recuo de 0,7%. Já o índice e atividade industrial regional do Federal Reserve de Richmond subiu para 7 em abril, de -7 em março. O índice de confiança do consumidor da zona do euro, por sua vez, subiu para -8,7 na leitura preliminar de abril, de -9,3 em março, o nível mais alto desde outubro de 2007, antes do estouro da crise internacional.

Às 13h53, o Ibovespa recuava 0,43%, aos 51.885 pontos, após ter batido a máxima de 52.460,08 pontos (+0,67%). Em Nova York, o Dow Jones subia 0,63%, o S&P 500 tinha alta de 0,59% e o Nasdaq avançava 1,02%.  

As ações da Sabesp ON seguiam em alta, de 1,82%, apesar de o nível dos reservatórios do Sistema Cantareira ter voltado a bater novo recorde negativo de capacidade nesta terça-feira, 22, caindo para 11,9%. Segundo a Sabesp, na mesma data do ano passado o volume de água armazenado nas reservas correspondia a 63,7% da sua capacidade total. A reação positiva veio após a Arsesp divulgar dados de revisão tarifária.

Após os dados no exterior, o dólar à vista voltou a renovar pontualmente as máximas ante o real. Às 13h53, o dólar à vista no balcão registrava alta de 0,04%, a R$ 2,2410, após ter atingido nova máxima, a R$ 2,250 (+0,45%).

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespadólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.