Bovespa opera abaixo dos 47 mil pontos

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) tentou, mas não conseguiu se sustentar no nível psicológico dos 47 mil pontos. Esse patamar foi verificado pela primeira vez na história no período da manhã. Às 17 horas, a Bolsa subia 0,62%, aos 46.934 pontos. As ações de Telemar e Brasil Telecom estão entre os principais ganhos da Bolsa com notícias de que o governo teria autorizado a fusão entre ambas as companhias. Banco do Brasil também é destaque, após anunciar mudanças no pagamento previdenciário que trarão economias. Há também rumores de que a instituição compraria a Nossa Caixa. As ações ordinárias (ON) da Telemar tinham ganho de 6,53% e Brasil Telecom registrava valorização de 6,62%. Também operava com alta os papéis preferenciais (PN) da Arcelor Brasil (+3,09%). Entre as maiores quedas, ações que vêm de altas recentes: Petróleo Ipiranga PN (- 2,72%); Perdigão ON (-2,10%) e Sadia PN (- 1,99%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.